Vai dar para alugar patinetes elétricas de novo no Rio de Janeiro

junho 25, 2024
5 minutos lidos
Vai dar para alugar patinetes elétricas de novo no Rio de Janeiro


Patinetes elétricos (alugáveis) voltarão a circular no Rio de Janeiro (RJ) graças à Whoosh. A empresa irá instalar inicialmente “mil equipamentos [patinetes] com cerca de 200 vagas de estacionamento.” Qualquer pessoa com 18 anos ou mais pode alugar o veículo pelo aplicativo Whoosh.

Patinetes elétricos (alugáveis) voltarão a circular no Rio de Janeiro

  • Você poderá alugar patinetes elétricos novamente no Rio de Janeiro (RJ). Whoosh trará inicialmente mil scooters e cerca de 200 vagas de estacionamento para a cidade;
  • Qualquer pessoa com 18 anos ou mais pode alugar o veículo pelo aplicativo da empresa, disponível para Android e iPhone. A cidade terá vagas de estacionamento em localidades da zona Norte (Tijuca e Maracanã) e Sul (Ipanema e Leblon), por exemplo;
  • As scooters estão disponíveis 24 horas por dia. Para desbloqueá-los, custa R$ 2. E cada minuto de uso do veículo custa 80 centavos. Você pode pagar aluguel via PIX, cartão de crédito e carteira digital;
  • Para desbloquear o patinete, o usuário deve utilizar o celular para ler um QR Code – todo patinete possui um. O aplicativo Whoosh oferece um mapa no qual o usuário pode ver onde estão os patinetes gratuitos, bem como o nível da bateria e o preço do passeio.

Os interessados ​​em alugar scooters poderão encontrar “vagas de estacionamento”, por exemplo, nas zonas Norte (Tijuca e Maracanã) e Sul (Ipanema e Leblon). A empresa estima que, em três meses, disponibilize até 2.600 patinetes.

Consulte Mais informação:

Como funcionará o aluguel de scooters elétricos Whoosh

Cada minuto de uso de uma scooter elétrica Whoosh custa 80 centavos (Imagem: Whoosh)

As scooters estão disponíveis 24 horas por dia. Para desbloqueá-los, custa R$ 2. E cada minuto de uso do veículo custa 80 centavos. Você pode pagar aluguel via PIX, cartão de crédito e carteira digital.

Para desbloquear o patinete, o usuário deve usar a câmera do celular para ler um QR Code – todo patinete possui um. O aplicativo Whoosh (disponível para Android Isso é Iphone) oferece um mapa no qual o usuário pode ver onde estão as scooters gratuitas, bem como o nível da bateria e o preço do passeio.

Assim como a corrida começa em um ponto de estacionamento, através da leitura do QR Code, ela deverá terminar em um desses pontos. Caso o usuário não consiga vê-los no aplicativo Whoosh por algum motivo, ele poderá identificá-los visualmente – pois terão um adesivo da marca.

Jovem sorrindo enquanto andava em uma das scooters elétricas de Whoosh
As corridas com patinetes elétricos Whoosh devem começar e terminar em “pontos de estacionamento” (Imagem: Whoosh)

Os veículos atendem às normas do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). E é recomendado que os patinetes elétricos, cuja velocidade máxima é de 20 km/h, circulem apenas em ruas e ciclovias.

A Whoosh conta com autorização e apoio da prefeitura do Rio de Janeiro para oferecer seu serviço na cidade. A empresa também atua em Florianópolis (SC) e Porto Alegre (RS).





empréstimo empresa privada

consulta bpc por nome

emprestimo consignado caixa simulador

seguro cartão protegido itau valor

itaú portabilidade consignado

simular emprestimo consignado banco do brasil

empréstimo consignado menor taxa

Crédito consignado
Empréstimo cpfl crefaz. Refinanciamento de emprestimo consignado.