FBI se opõe à divulgação de evidências do 11 de setembro

junho 21, 2024
2 minutos lidos
FBI se opõe à divulgação de evidências do 11 de setembro



(NewsNation) – Uma nova carta mostra o governo dos EUA apoiando a Arábia Saudita e se opondo à divulgação de evidências relacionadas aos ataques de 11 de setembro.

As famílias dos mortos no 11 de setembro entraram com uma ação judicial buscando revelar evidências que, segundo elas, mostram que o governo saudita foi cúmplice dos ataques. Quinze dos 19 sequestradores envolvidos no 11 de Setembro eram sauditas, e o líder da Al Qaeda, Osama bin Laden, também tinha ligações com a família real saudita. No entanto, o país negou qualquer envolvimento no ataque que matou quase 3.000 pessoas.

O Departamento de Justiça e o FBI enviaram uma carta ao juiz que supervisiona o processo entre as vítimas do 11 de Setembro e a Arábia Saudita, pedindo-lhe que não revele o material que as famílias estão a pressionar para que se torne público.

A carta, obtida a partir de documentos judiciais, afirma que provas nunca antes vistas não devem ser divulgadas quando a agência não tiver tido oportunidade de as analisar.

“Na opinião do FBI, não é apropriado buscar uma ordem geral da Lei de Privacidade que revele uma grande coleção de documentos antes que o FBI tenha tido a oportunidade de revisá-los. Os materiais citados nos autos das PECs, incluindo seu comunicado de 564 páginas, e os documentos sinalizados nos depoimentos são volumosos e envolvem uma ampla gama de interesses de privacidade e informações de diversos níveis de relevância potencial para as questões em questão no caso pendente. . movimentos”, afirma a carta.

“Além disso, embora a maioria das redações identificadas através da revisão do FBI até o momento tenham sido sujeitas à Lei de Privacidade, o FBI tem um interesse mais amplo de aplicação da lei em impedir a divulgação pública completa das informações pessoalmente identificáveis ​​de pessoas dos EUA que foram testemunhas ou de interesse investigativo nas investigações do FBI.”

Os advogados que representam as famílias das vítimas do 11 de Setembro e os que representam o Reino da Arábia Saudita têm discutido sobre quais as provas que devem permanecer seladas e quais devem ser tornadas públicas.

As famílias divulgaram recentemente um vídeo que dizem mostrar um oficial da inteligência saudita inspecionando o Capitólio dos EUA na mesma época em que a Al Qaeda determinava os alvos para os ataques de 11 de setembro.

Eles disseram ao NewsNation que ficaram surpresos ao ver o FBI apoiar o governo saudita no assunto.

O FBI indicou que se qualquer uma das partes quisesse que algo fosse divulgado, poderia analisar o material e julgar caso a caso se deveria ser divulgado.

Mas isso não agrada às famílias, que dizem que a agência teve mais de 20 anos para rever as provas e decidir o que deveria permanecer confidencial. Agora eles querem que tudo se torne público.

NewsNation contatou o FBI para comentar.



quitar empréstimo banco do brasil

empréstimo aposentado banco do brasil

emprestimo itau simulação

ggbs consignado

o’que é emprestimo sim digital

juros de emprestimo banco do brasil

juro empréstimo

redução de juros empréstimo consignado

Crédito consignado
Inss emprestimo consignado. O que e emprestimo consignado.