Novo estudo revoluciona conceito de gravidade

junho 25, 2024
5 minutos lidos
Novo estudo revoluciona conceito de gravidade


A gravidade sem massa é uma ideia que desafia as concepções tradicionais sobre como o Universo funciona. Embora as teorias clássicas de Isaac Newton e da relatividade geral de Albert Einstein liguem a gravidade à presença de matéria, um estudo recente propõe uma abordagem radicalmente diferente, sugerindo que ela pode existir independentemente da massa.

A matéria escura tem sido uma peça fundamental nas teorias astronômicas modernas, sendo postulada para explicar diversos fenômenos observados no cosmos, como a rotação das galáxias e a curvatura da luz. No entanto, a sua natureza permanece indefinida, uma vez que não foi observada diretamente.

Conceito artístico de espaço-tempo ou Teoria da Relatividade de Albert Einstein. Crédito: Células de Design – iStock Photo

A proposta de Richard Lieu, astrofísico da Universidade do Alabama em Huntsville, EUA, introduz uma perspectiva inovadora ao sugerir que a gravidade pode ser gerada por “defeitos topológicos” no espaço-tempo, e não pela presença de matéria.

Lieu baseou sua pesquisa em uma versão simplificada das equações de campo de Einstein, buscando uma explicação alternativa para a gravidade. Ele propõe a existência de regiões no espaço com alta densidade de matéria, onde podem surgir camadas de “defeitos topológicos”. Estas camadas assemelham-se a conchas concêntricas, com uma camada exterior de massa negativa anulando uma camada interior de massa positiva, resultando numa massa total zero.

Consulte Mais informação:

Ideia de gravidade sem massa abre novas perspectivas na compreensão do Universo

Com um declaração, Lieu argumenta que seus defeitos topológicos podem explicar fenômenos gravitacionais observados, como a atração de corpos celestes, sem a necessidade de matéria escura. Ele enfatiza que sua teoria não busca descartar completamente a matéria escura, mas sim oferecer uma abordagem alternativa que possa ser testada por meio de observações.

Richard Lieu, professor de física e astronomia da Universidade do Alabama em Huntsville (UAH). Crédito: Universidade do Alabama em Huntsville

Uma das implicações mais intrigantes desta proposta é a ideia de que a gravidade pode existir em locais onde não há massa detectável. Isto desafia a visão tradicional de que a gravidade é uma consequência direta da presença de massa, conforme descrito pela famosa equação de Einstein, E=mc², que relaciona massa e energia.

A proposta de Lieu enfrenta desafios. A comunidade científica enfatiza a necessidade de evidências sólidas e observações precisas para validar ou refutar tais teorias inovadoras. Lieu reconhece a natureza ousada de sua teoria, descrevendo-a como um exercício matemático interessante que oferece uma nova visão sobre a gravidade.

Publicado recentemente na revista científica Avisos mensais da Royal Astronomical Societyeste estudo representa um avanço significativo na compreensão da gravidade e levanta questões fascinantes sobre a natureza do Universo e as leis que o regem.





empréstimo empresa privada

consulta bpc por nome

emprestimo consignado caixa simulador

seguro cartão protegido itau valor

itaú portabilidade consignado

simular emprestimo consignado banco do brasil

empréstimo consignado menor taxa

Crédito consignado
Simular emprestimo fgts. Emprestimo cpfl crefaz. Empréstimo conta de luz cpfl.