Jogos Olímpicos de Paris devem ser os mais quentes da história

junho 21, 2024
5 minutos lidos
Jogos Olímpicos de Paris devem ser os mais quentes da história


As expectativas são grandes para o início dos Jogos Olímpicos de Paris, no dia 26 de julho deste ano. Contudo, a proximidade do maior evento desportivo do mundo também suscita preocupações. Isto deve-se à onda de calor que afecta a Europa (e o hemisfério norte em geral).

consulte Mais informação

Calor extremo é esperado na capital francesa durante o evento esportivo (Imagem: Melinda Nagy/Shutterstock)

Paris deverá enfrentar calor superior a 40ºC

Um relatório divulgado esta semana por pesquisadores britânicos, com a colaboração de atletas e ex-atletas olímpicos de 11 países, alerta sobre os riscos de competir em condições climáticas extremas.

Chamado de “Anéis de Fogo”, o documento destaca que os competidores podem ficar expostos à desidratação, exaustão, insolação e até morte. O trabalho observa ainda que há riscos à saúde dos torcedores.

Os Jogos de Tóquio foram os mais quentes da história até agora, com temperaturas superiores a 34ºC. Mas a previsão para Paris, sede do evento deste ano, é de mais de 40ºC.

Os pesquisadores estudaram a variação climática na capital francesa desde os últimos Jogos Olímpicos realizados na cidade, há 100 anos, e constataram que a temperatura média entre 26 de julho e 11 de agosto deveria ser 3,1ºC maior do que nesse período.

O estudo também lembrou a onda de calor de 2003, que deixou mais de 14 mil mortos na França. Na época, a temperatura máxima registrada em Paris foi de 39,5º C. Em 2019, ano mais quente já registrado no país, os termômetros chegaram a 45,9ºC. No ano passado, foram confirmadas 5.000 mortes relacionadas com o calor em território francês.

Os Jogos Olímpicos de Paris começam em 26 de julho (Imagem: JeanLucIchard/Shutterstock)

Recomendações propostas pelo relatório

  • Os pesquisadores também divulgaram algumas recomendações a serem adotadas para reduzir os riscos relacionados ao calor extremo durante os Jogos de Paris.
  • A primeira é adaptar os horários, evitando a prática de esportes ao ar livre nos horários mais quentes do dia.
  • Eventos como maratona e triatlo estão programados para começar às 8h.
  • Outra sugestão é limitar o tempo de exposição ao calor, incluir intervalos de reidratação e planejar climatização nas arenas.
  • A Vila Olímpica de Paris, por exemplo, estará ligada à rede de refrigeração urbana, mas não terá ar condicionado.
  • O relatório também defende o incentivo aos atletas para falarem publicamente sobre as alterações climáticas.
  • Além disso, recomenda aumentar a colaboração entre entidades desportivas e atletas em campanhas de sensibilização climática.
  • Por fim, sugere reavaliar o patrocínio de empresas ligadas aos combustíveis fósseis, responsáveis ​​por quase 80% das emissões de gases de efeito estufa no planeta.





empréstimo empresa privada

consulta bpc por nome

emprestimo consignado caixa simulador

seguro cartão protegido itau valor

itaú portabilidade consignado

simular emprestimo consignado banco do brasil

empréstimo consignado menor taxa

Crédito consignado
Refinanciamento de emprestimo consignado.